PROJETO SÓ RISOS – Porque sorrir faz parte

No mundo atribulado e devastador em que vivemos, muitas vezes, coisas simples nos passam despercebidas. As pequenas coisas de Deus, aquelas que Ele, com certeza, teve o maior trabalho para construir ficam em segundo plano, diante de um planeta cada vez mais desapercebido com os desígnios do Pai. E uma dessas pequenas coisas, é um singelo sorriso de uma criança. Algo assim, tão inocente e pequeno, consegue, basta dar olhos a isso, quebrantar o coração de qualquer pessoa.

Com o objetivo primordial de extrair mais e mais desse tesouro sagrado, um grupo de jovens da Igreja Pentecostal Rosa de Saron, decidiram criar o Projeto Semear, que hoje atende pelo nome de Projeto Só Risos, e que leva alegria e um pouco de esperança a crianças que só vêem dor no seu dia-dia, como mesmo frisou a idealizadora do Projeto, a obreira Kelviane Rodrigues. O Projeto, com mais de um ano de existência, busca agora parceiros, para juntos ajudarem a semear o Sorriso no rosto de crianças enfermas em hospitais da Capital cearense.

A seguir, um pouco do bate-papo que tivemos com Kelviane Rodrigues, via MSN.

Como surgiu a ideia de criar o projeto Semear, hoje Projeto Só Risos?

Kelviane Rodrigues – Bem, na verdade já admirava e conhecia um pouco da Historia de pessoas que haviam escolhido essa Missão de levar a alegria onde só há dor como, por exemplo, o doutores da alegria que me inspiraram bastante, mas conhecer o caminho não é o mesmo que o percorrer.  Então decidi também criar um projeto semelhante.

De onde vem o nome Semear e Por Que a mudança para Só Risos?

K.R. A principio era Semear, pois sempre acreditei em uma frase que diz que “Aquilo que fazemos com as crianças hoje, é o que elas farão amanhã com a sociedade”, e querendo ou não, estávamos semeando amor, carinho, calor humano, paz de espírito para tantas crianças que, como já disse só sentiam um sentimento chamado dor. E  a mudança para Só Risos é porque queria inovar. Quero esse ano fazer algo diferente, mais alegre, mais engraçado, mais cara de Palhaço entende? (risos)

E como é a dinâmica do Projeto? Quantas pessoas fazem parte do grupo? O trabalho dura o ano todo? Onde são os pontos de evangelismo?

K.R. Bom, trabalhamos com musica e teatro… Fazemos encenações no quarto, cantamos e dançamos para eles. O grupo hoje só conta com oito participantes, que se revezam no trabalho. Não dura o ano todo! A preparação Sim! Nosso trabalho só é mesmo direcionado em especial para o dia das crianças e final de ano

Mas onde será o encontro desse próximo dia 12 de outubro?

K.R. Será no Hospital Luis de frança (Av. Francisco Sá em Fortaleza). A data ainda não foi confirmada, mas  provavelmente será ou dia 09 ou 10 porque dia 12 cai na terça! Essa semana mesmo estarei confirmando e digo pra vocês.

Como as pessoas Podem estar ajudando nesse projeto?

K.R. Podem ajudar doando brinquedos de todos os tipos. Queremos esse ano conseguir um numero máximo de brinquedos, pois brincar é tão importante para uma criança como trabalhar é para um adulto.

Como é o estado das crianças que vocês encontram nos hospitais? Fica a certeza de trabalho cumprido, ao final do dia? Para que endereço as pessoas Podem enviar os brinquedos? Existe um número de telefone para contato?

K.R. Com certeza são crianças carentes. Conosco elas não são tratadas como doentes, mas como crianças como todas as outras que querem brincar, sorrir, dançar. Nosso trabalho tem sido muito edificante para gloria de nosso Deus. Para contato, pode ligar para 8853-966O – é meu numero mesmo. É só ligar e daremos um jeito de receber a doação.

Ok E para pessoas que queiram fazer parte do grupo: existe alguma “vaga”?

K.R. Com Toda Certeza. O número de crianças que precisam de projetos como esse é imenso e quanto mais pessoas dispostas a se doarem em função de obras como essa, melhor será! Aos interessados, entre em contato conosco e marcaremos um encontro, mostrando o trabalho. Será com toda certeza muito bem treinado, aceito , recebido e recompensado pelo Senhor (risos)

Então, deixe um recado a todos aqueles que queiram ajudar de alguma forma e para aqueles que até tem vontade, mas não tem coragem de seguir com um trabalho como esse.

K.R. Bom gente, desde o dia em que li a Historia de um homem chamado Michael Christensen, um palhaço americano que em 1986 se apresentava para uma comemoração em um hospital e logo depois sentiu em seu coração de ver aquelas crianças que não puderam ver o espetáculo, pude perceber e sentir que existem vidas esquecidas, vidas que não sabem o que é SORRIR. Vidas que precisam de uma Simples mão estendida em sua direção. Hoje, já existem muitos homens e mulheres como Michael que se importam com o próximo, que vivem suas vidas em busca do sorriso do próximo. Eu sou uma delas, e Você pode ser o próximo… Só depende de contarmos com sua ajuda, apoio e orações.

Obrigada a TODOS

O QUÊ?

PROJETO SÓ RISOS

QUANDO?

Dia 08 ou 10 de Outubro

ONDE?

Hospital Luís de França – Av. Francisco Sá

COMO AJUDAR?

Doando brinquedos ou participando do grupo.

INFORMAÇÕES?

(0xx85) 8853 9660 – Obreira Kelviane Rodrigues

Anúncios

3 comentários em “PROJETO SÓ RISOS – Porque sorrir faz parte”

  1. “O amor é a arte de criar algo com a ajuda da capacidade do outro”

    Obga filho por todo apoio e ajuda nesse projeto.

    Sua capacidade tem sido essencial para essa concretização!

    Deus lhe deu muitos dons e talentos, q vc possa continuar a usa-los para Ele!

    Bjinhuuuus!! Que o SENHOR seja a cada dia mais louvado atraves da sua vida!

    E mais uma vez: MUITO OBRIGADA!

    Tenha a certeza de que Deus O recompensará GRandemente!

    Amo-te em Cristo!!!!!

    : )

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s