Stephen Hawking acredita que Deus não foi essencial à criação do universo

Em “Uma breve história do tempo”, o físico Stephen Hawking, parecia aceitar a possibilidade de um criador, argumentando que a descoberta de uma teoria completa permitiria aos humanos “conhecer a mente de Deus”.

No seu novo livro “O majestoso design”, o cientista britânico afirma esclarecer uma complexa série de teorias que explicam o universo. O livro, escrito com o físico americano Leonard Mlodinow, será publicado no dia nove de setembro.

Em um trecho publicado hoje pelo The Times, Hawking escreveu que “não era necessário pedir a ajuda de Deus”.

“O universo é capaz de criar a si mesmo sozinho”, escreveu o inglês, “A criação espontânea é a razão de que existe algo, é por ela que existe o universo, que nós existimos”.

Em “Uma breve história do tempo”, Hawking parecia aceitar a possibilidade de um criador, argumentando que a descoberta de uma teoria completa permitiria aos humanos “conhecer a mente de Deus”.

Extraido do portal: GOSPEL 10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s