E os 33 renasceram… “Estamos bem, os 33”

A cápsula que desce 700 metros abaixo do solo se chama FÊNIX, a ave mitológica que renasce das cinzas após sua morte. O nome do local onde tudo acontece passa a se chamar ESPERANÇA, por conta daqueles que, pacientemente, esperaram cerca de 69 dias para que todo o drama terminasse.  Porém o simbolismo mais importante de todo esse acontecimento é o ajoelhar na terra e orar a Deus, dando-lhe graças por mais uma conquista, por mais uma vitória, por mais UM MILAGRE.

Depois de um desabamento ocorrido no dia 05 de agosto de 2010, o pânico e a tristeza tomou conta dos familiares de 33 mineiros que, até então, estavam desaparecidos e, provavelmente, teriam morrido soterrados. No entanto dezessete dias depois, ouve-se um barulho de esperança. Ouve-se a voz dos mineiros. E um bilhete com o seguinte dizer “Estamos bem, os 33” chega até as equipes de resgate. Um alívio, uma chance, uma possibilidade de rever a família e está novamente junto aos seus. Era a esperança renascente de Deus que estava dando a toda nação planetária um motivo a mais para refletirem no bom da vida, no doce e suave que é está ao lado de quem amamos. Deus estava a dizer a todos do mundo que há, sim, uma esperança para cada um de nós.

Agora era esperar pra vê quantos aguentariam. Quantos se entregariam e quantos voltariam com vida para seu lar. Lá entraram 33, lá passaram 69 longos, quentes e escuros dias. E de lá saíram renascidos todos os 33 mineiros. Deus mostra-nos mais uma vez seu poder e sua glória através do testemunho de cada um desses mineiros.

O noticiário mundial, tão acostumado ao sensacionalismo das tragédias correntes nos dias atuais, se rendeu a história de superação daqueles homens. Se rendeu ao milagre do século XXI. Cogita-se que, através da TV, Internet, Rádio e Impresso, mais de 1 bilhão de pessoas no mundo todo tenha acompanhado o resgate daqueles heróis da humanidade.

Começamos esse século com o ataque a Torres Gêmeas nos EUA, depois da guerra do Afeganistão, em seguida ao Iraque. Queda nas Bolsas de valores do mundo todo. Terremotos no Haiti e no próprio Chile. Pais matando filhos, filhos matando pais. Alunos assassinando colegas de sala, destruição da natureza. Terrorismo religioso, dentre outras tantas calamidades.

Foi, realmente, maravilhoso, pela televisão ter visto o primeiro mineiro sendo resgatado. E seu filho aos gritos chamando pelo pai. Uma imagem que enche os olhos de lágrimas e o coração de ESPERANÇA. Esperança ainda que tímida, nessa humanidade tão sofrida e tão sedenta por destruição. A prova viva de que Deus se encontra no coração daqueles que, em toda a parte do mundo, oraram por aquelas 33 almas. A prova do renascimento. E por que não, da RESSURREIÇÃO de uma humanidade morta, que agora ressurge com um novo pensamento. Sabendo dá valor a cada coisa que o Pai no deu e nos dá, todos os dias, inteiramente de graça: o dom da VIDA!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s